Menu

"Logo a fé vem pelo ouvir, e o 
ouvir vem pela palavra de Cristo"
Romanos 10:17


A MELHOR RADIO ONLINE... 24 HORAS NO AR....

LEVANDO A MUSICA GOSPEL E A PALAVRA DEUS AOS CORAÇÕES...

A Porta Estreita

07 SET 2018
07 de Setembro de 2018

Porfiai por entrar pela porta estreita, porque eu vos digo que muitos procurarão entrar e não poderão (Lc 13:24).

O Senhor nos ensina pela sua palavra a lutar, ou digamos, nos esforçar para entrar na porta estreita. E muitas vezes esse “esforço” requer de nós uma posição firme diante do meio que vivemos neste mundo. Como já foi dito, para entrar na porta estreita da salvação é necessário que venhamos a entender que a porta estreita é limitada só para aqueles que fazem a vontade do Pai.

Havia há um tempo atrás um comercial de TV de uma certa marca de sabonete que dizia que “sempre cabia mais um quando se usava….”.

Neste comercial havia sempre no final uma pessoa que conseguia passar por uma porta que estava prestes a se fechar e muitas das vezes era preciso um certo esforço para entrar. Dizia-se no comercial que “sempre tem um lugar reservado para quem usa…”.

No Reino de Deus, também é assim, sempre cabe mais um , mas quando você se usa sua Fé e anda conforme vontade de Deus. Não se precisa de usar um “sabonete especial” para ficar limpo , mas basta clamar pelo sangue do Cordeiro para te purificar de todo pecado.(1 Jo 1:7). O livro de Apocalipse relata de uma multidão que não se podia contar de todas nações, tribos, povos e linguas que trajavam vestes brancas , que lavaram e branquearam as suas vestes no sangue do Cordeiro. Diz as Escrituras que estes “passaram” pela grande tribulação. (Ap 7:14).

Vemos nessa passagem que não foi fácil “passar” pela pela porta estreita aqueles que passaram pela grande tribulação. E o esforço nesse caso foi se santificar.

Como diz as Escrituras: Sem santificação NINGUÉM verá o Senhor (Hb 12:14).

Por isso, como na propaganda é necessário um certo esforço para entrar. É necessário ter uma certa determinação em seguir Jesus diante de um mundo caído como o nosso, onde os pecados de morte são tidos como algo natural.

Quando Cristo andava pelas aldeias e pelas cidades, Ele enxergava a miséria espiritual de um povo algemado pelo pecado, distantes de Deus e vivendo uma religiosidade inoperante. Um povo sem direção e sem pastores, já que os religiosos da época eram como sepulcros caiados, pois eram bonitos por fora e podres por dentro.

Naquela época, bem como, hoje, muitas pessoas só se preocupam com as suas coisas e com os negócios deste mundo. As sagradas Escrituras conta a história de 2 parábolas a dos convidados e das bodas. Na parábolas dos convidados diz que um certo homem fez uma grande ceia e convidou a muitos e mandou o ser servo dizer aos convidados: VINDE, QUE TUDO JÁ ESTÁ PREPARADO. Mas diz a palavra de Deus que todos começaram a dar desculpas: Um convidado diz que não podia, pois estava ” comprando um campo”, o outro comprara cinco junta de bois, sendo que o último não pode ir pois estava se casando. (Lc 14:16-20) Enfim, todos deram uma “DESCULPA” justificando a sua ausência.

Porém, diz a palavra de Deus que voltou o servo e contou tudo isto a seu senhor:
Então o dono da casa, indignado, disse a seu servo: Sai depressa para as ruas e becos da cidade e traze aqui os pobres, os aleijados, os cegos e os coxos.
Depois disse o servo: Senhor, feito está como o ordenaste, e ainda há lugar.
Respondeu o senhor ao servo: Sai pelos caminhos e valados, e obriga-os a entrar, para que a minha casa se encha.
Pois eu vos digo que nenhum daqueles homens que foram convidados provará a minha ceia.

Respondeu o senhor ao servo: Sai pelos caminhos e valados, e obriga-os a entrar, para que a minha casa se encha.
Pois eu vos digo que nenhum daqueles homens que foram convidados provará a minha ceia.(Lc 14:21-24).

Jesus estava mostrando que o convite da salvação está para todos, mas que nem todos desejam viver piedosamente e seguir
Jesus para estar com Ele. Uma das palavras marcantes dessa parábola é que o Senhor diz:

“Obriga-os a entrar para que a minha casa se encha. Era como se quisesse dizer: “Força-os a entrar” para que a casa seja cheia.

No final Jesus diz que se alguém quiser vir após ele deve se despreocupar com as coisas dessa vida e os embaraços deste mundo.
Diz o Senhor: Quem não leva a sua cruz e não me segue, não pode ser meu discípulo. (Lc 14:26).

Em outra parábola , na das 10 virgens conta as Escrituras que 5 eram prudentes e 5 eram néscias. Diz essa parábola que quando veio o noivo, elas não estavam preparadas, pois não tinham azeite em suas lâmpadas. (Mt 25:3) Existem muitos crentes “sem azeite” que não iluminam o lugar e o meio que vivem, antes são trevas, para aqueles que estão ao derredor. Há muitos cristãos néscios, que vivem as coisas deste mundo e esquecem que um dia o GRANDE NOIVO virá. São estes que não possuem a capacitação que vem do Alto, ou seja, a UNÇÃO que vem de Deus. É por causa disso, que muitos não entraram as portas porque são decuidados com as coisas de Deus, mais amigos do mundo do que de Deus. (Tg 4:4)

Estes são os crentes dispersos, néscios, inconstantes e inconsequentes. Diz a palavra de Deus que estas virgens tentaram “comprar” o “azeite”, mas não conseguiram, porque o noivo veio, fechou-lhes a porta e elas ficaram de fora. (Mt 25:10).

Queridos a salvação em Cristo e a Unção de Deus “não se compra”. Vemos isso na história de Elimas, o mágico , que tentou comprar a unção de Deus (At 8:18-21).

Elas seguem apenas um princípio, o da OBEDIÊNCIA.

Como exemplo, podemos citar os discípulos de Cristo que só receberam a capacitação do Alto, no derramamento do Espírito Santo, porque foram obedientes a Cristo. Eles estavam vigilantes,juntos e não se ausentaram de Jerusalém conforme foi lhes ordenado, até que fossem revestidos com poder. De nada adianta confessar Jesus e aceitar sua salvação, mas viver em desobediência, logo após isso.

Vemos que as néscias estavam juntas com as prudentes, mas foram “somente” as prudentes que puderam estar com o NOIVO.

Paulo dizia que devemos andar no Espírito e não satisfazer a carne pois há uma luta entre a carne e o espírito. (Gl 5:16-17).
No livro de Romanos ele relata a sua própria experiência de não conseguir obedecer a lei de Deus no seu modo de agir e de fazer aquilo que que não quer (Rm 7:15-24). Mas Ele mesmo diz: “Mas esmurro o meu corpo e o reduzo à escravidão” (1 Cor 9:27). Ele estava tentando dizer:
“Eu tenho treinado a minha carne a não pecar e não fazer a sua vontade, pois não quero pregar e ser reprovado por isso.

Imagine se Paulo fizesse tudo que fez pelo evangelho e fosse reprovado, como as virgens por Deus ?

O esforço para entrar na porta estreita exige renúncia, resignação, coragem e fé. Exige que carreguemos a cruz. Exige que esmurremos nossa carne e a sujeitamos a Deus. Exige que venhamos a nos arrepender quando pecarmos involuntariamente diante de Deus.(1 Jo 2). Apresentando sempre a Deus e a cada dia o nosso corpo como sacrificio vivo, santo e agradável a Deus. Sendo também transformados pelo renovo do nosso entedimento até que tenhamos a mente de Cristo e só assim eperimentar a boa,agradável e perfeita vontade de Deus (Rm 12:1-2).

Só assim, então entramos pela porta estreita sem nenhum impedimento.

Queridos,diz a palavra que “muitos” procurarão entrar pela porta estreita, mas não poderão. (Lc 13:24). A palavra é bem clara, muitos vão querer entrar, mas não poderão, porque não fizeram a vontade do Pai.

Voltar


A MELHOR RADIO GOSPEL... 24 HORAS NO AR..

Tenha também o seu site. É grátis!